Recuperando o meu corpo!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Mais magra.

Olá, já tinha saudades de aqui escrever. Tenho feito dieta mas apenas comecei à 2 semanas atrás e desta vez sem parar. Espero que assim continue. O resultado não é espetacular mas é um saldo positivo.
De 88 Kg passei para 86,2Kg. 1.800Kg já foram e sinto a diferença mesmo que tenha sido só um pouco.
Continuo a fazer dieta e vou começar hoje a treinar num ginásio.
Beijinhos

domingo, 21 de novembro de 2010

Uma pequena questão...

Não sei se isto que vos vou contar faz sentido para vocês mas para mim faz. Uma amiga proxima que sabe que adoptei o meu filho, fez o comentario a uma colega, a qual não via à dois anos e cujo o contacto nunca foi próximo, que este meu filho era adoptado. Não gostei. Para mim, é meu filho e chega.
Fazer a distinção, não me cai bem nem ao meu filho quando crescer. Um filho é um filho.Também não digo, olha o filho biológico daquela....
Pedi-lhe para não voltar a fazer e expliquei-lhe. Não há distinção de filhos. E se eu quiser contar como o meu filho nasceu para mim, eu própria contarei.
Sei que ela ficou feliz com a minha adopção mas para mim, o amor já é tanto ou mais que um filho biologico para algumas mães. Pois este foi desejado 11 anos. E conheco neste momento uma mulher que está gravida e só não abortou o filho porque está grávida de 5 meses. Isto porque se divorciou do pai do bébé.....por isso o meu amor não se compara......mesmo sendo adoptado.
Cada caso é um caso. E no meu caso o meu filho é simplesmente MEU FILHO!!!!!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Sou mãe

Olá amigas, venho pela primeira vez, publicar aqui no meu blog que já sou mãe do coração. O meu filho tem 12 meses. Muitas amigas já sabem mas nunca tinha publicado no meu blog. Foram 11 anos de espera de 10 tratamentos de muito choro e tristeza. Hoje sou muiiiiito feliz com o meu filho que amo. Já nem penso mais em filhos biologicos. Este é para mim o melhor filho que alguma vez podia ter tido e não acredito que seja possivel amar ainda mais um filho só porque é biologico. Amo-te meu filho! Beijinhos a todas

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Olá amigas, tem sido dificil vir à net pois tenho estado muito ocupada como algumas de vocês sabem. Até agora, tenho estado a organizar a minha vida aqui em Portugal, de uma ponta á outra. Até a minha cabeça tenho organizado....bem preciso. Estou feliz! Cansada mas feliz.
Nem ao facebook tenho ido e nem ao meu email. Quero ver se este fim de semana, ponho esta parte da internet também em ordem. Tenho acordado 1 a 2 vezes por noite e ando cansada por isso. Vou dormir que ando exausta. Volto no fim de semana.
Beijinhos

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

11 anos de casamento.

Olá a todos e desculpem esta ausência. Ao fim de tantos meses fora de casa, tive que me organizar.
A dieta está parada.
A minha casa já está limpa, ao pormenor.
Enfim, começo a sentir que já tenho algum espaço para mim.
Não sinto saudades do Egipto.
Sinto mesmo que quero aproveitar o meu país.
Tenho visitado os amigos e a familia.
Hoje faço 11 anos de casada e a minha mãe faz 67 anos.
Prenda do marido....um telemóvel Blackberry...yuuuupiiiiiii!!!!
Amanhã volto, estou a cair de sono....

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Falando de negócios...

Como já aqui disse, eu e o meu marido temos uma empresa de comércio Àrabe. Porque ele é egipcio e tem a representação do tabaco de shisha Nakhla, em Portugal.
Fazemos mensalmente o transporte de contentores de mercadoria entre Egipto e Portugal.
Os nossos produtos vão desde: Shishas, tabaco Nakhla para shishas, carvão, boquilhas, chá Karkadé, chá verde, branco, e muitos outros chás. Mobilia marroquina e egipcia em madeira e madre pérola, vestuário da dança do ventre (belly dance), e respectivos acessórios. Vendemos ou alugamos tendas marroquinas como esta que está aqui na foto. Mesas e cadeiras, selas para camelos e cavalos. Etc....
Se pretender abrir um bar marroquino ou àrabe, fale connosco, pois arranjamos todo o recheio da decoração, tal como já fiemos a outros bares.
Tudo o que pretenderem do Egipto ou de Marrocos, basta deixar aqui uma mensagem e entraremos em contacto.
Um beijinho a todos.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Hoje tive mais uma prova.


Eu acredito que Deus fala connosco através do Espirito Santo. Já falou comigo muitas e muitas vezes. Talvez até mais do que ao normal das pessoas. Às vezes até fico envergonhada, junto do meu marido, porque ele há-de pensar que sou bruxa....
Eu sei que ele não pensa isso mas ele já viu que muitas vezes Deus sopra no meu ouvido coisas que depois eu falo em voz alta e acontece! Ou situações, onde eu sem estar á espera, me vem um pensamento instantâneo á mente e eu faço exactamente o que esse pensamento me diz e venho a ver que foi um aviso....Tantas mas tantas vezes, isso me acontece.
Hoje foi mais uma!
Estava eu a ver televisão, já à cerca de 2 horas, quando num miléssimo de segundo, me ocorre a seguinte ideia: " e se o menino está a cair da cama?"
Como já me conheço...aliás já conheço que Deus me avisa, preferi seguir o aviso, sem ter nada que me fizesse pressupor isso, pois nem um barulhinho ouvi.
Nesse mesmo pensamento, levanto-me e corro para o quarto!
Quando vejo o menino a meio de se rebolar na cama!!!!! Deixei-o rebolar-se até ao fim, segurando-o nos meus braços!!! Pois o menino rebulou e ia precisamente cair da cama abaixo se não fossem os meus braços......
Claro que Deus nos fala!!!!
Eu não dúvido!!!

Eu só quero....

Só quero ir embora para Portugal. Tenho tantas saudades da minhã mãe, dos meus amigos, da minha casa, de ver Portugal. Só damos valor quando não temos as coisas. Acreditam que o que eu criticava de Portugal agora até já sinto que gosto! Oh, meu Deus, tenho saudades do nosso aeroporto da Portela, de ver os táxis á sua porta (os taxistas aqui são todos iguais aos nossos, aproveitam-se do turista!), tenho saudades da Rotunda do Relógio, de ver a SIC e a TVI, de ouvir o Manuel Luis Goucha, de saber que o Sócrates aumentou mais não sei o quê!!!!! Enfim, é o meu país e até dos seus defeitos eu gosto! Isto são as saudades a falar....quando chegar a Portugal já me esqueci que disse isto!
Fui....

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Lealdade, o que mais aprecio!

Ter amigos é muito bom. Ter com quem partilhar as alegrias e as tristezas. Saber que podemos contar com eles, quando os outros nos viram as costas apenas por qualquer questão. Quantas vezes se zangaram com a vossa mãe ou pai ou irmão? Mas depois tudo se esquece e fica o amor. O amor fala mais alto. Para mim com os meus amigos é o mesmo!
Já me zangei com muitos deles, aliás lembro-me de grandes discussões mas no fim quando estou aflita, lá vêm eles, passar a mão pelo meu ombro e ficarem do meu lado e eu do deles. Isto para mim, sim, é amizade!
Aqueles que por uma pequena questão viram as costas, não esquecem, não perdoam, e terminam amizades de longa duraçao, ás vezes de 20 anos, não sabem o que é a verdadeira amizade, não sabem o que é o perdão, não conseguem entender a cabeça do outro nem fazem um esforço.
Desculpem o termo mas mesmo que estejam zangados, se um amigo estiver na "merda", o outro tem de esquecer e ir ajudá-lo sem mágoas! Eu tenho desses amigos. Eu sou assim por isso exijo que os meus amigos sejam assim. LEAIS!!!! De BOM CORAÇÂO!!!!
Obrigada amigos queridos, que nunca me viraram as costas e estiveram ao meu lado quando era preciso estar.
Adoro-vos muito.
Sofia

domingo, 26 de setembro de 2010

"Mens sana in corpore sano" é uma famosa citação latina, poeta romano Juvenal.

Hoje fui buscar o resultado da análise BHCG e claro que confirmou-se o negativo.

Quanto à minha dieta, tenho de confessar que cometi alguns erros. Ainda não consegui fazer a 100%. À noite comi uma lasanha de vitela, num restaurante italiano...pois eu sei, mas não quero sentir-me obrigada a fazer dieta, quero fazer uma dieta mas sem a sensação de punição ou castigo e claro que no início é muito mais difícil, pois é o arranque.
Amanhã vou continuar, o meu regime alimentar. Também vou fazer alguns exercícios de abdominais aqui em casa. É bom para me ir consciencializando que o exercício fisíco vai fazer parte do meu dia a dia, tal como comer e dormir.

Aqui em casa, já estamos a começar a programar o nosso regresso a Portugal. Sei que será em Outubro, nos primeiros 15 dias mas ainda é cedo para dar datas. Contudo, direi aos meus amigos antes de ir.

Outra das coisas que vou retomar é a minha comunhão com Deus. Algum tempo atrás eu orava a Deus todos os dias, ia à igreja aos domingos. Quero que a minha parte espiritual esteja tão bem quando a fisíca. Mente sã em corpo são.Devemos cuidar do corpo mas também da alma. Ter as duas coisas saudáveis e é bom para mim. Aliás, ambas se completam. Tenho de colocar em prática a minha fé, que tem andado adormecida depois de tantos tratamentos negativos.

Para terminar, hoje uma criança chamou-me de mãmã!!!!!!!!!
A primeira vez não disse mãmã mas sim NÃNÃ e esticou os bracinhos para vir para o meu colinho.
A segunda vez já disse MÃMÃ e voltou a esticar os bracinhos para vir para o meu colinho.

Pela 1.ª vez na minha vida fui chamada de mãmã! Lol!
Beijinhos amigas.

sábado, 25 de setembro de 2010

1.º dia da minha transformação.


Hoje, continuo com perdas e já quase no fim. Assim acaba a história de mais um embrião que não quis ficar comigo. No total já foram 23 embriões (bébés) que partiram.
Fui na mesma fazer a análise que o médico pediu. Na verdade, só para ter um documento...está pronto amanhã.
Fim desta história para mim!

Agora quero começar outra história!
A minha nova fase. A nova Sofia. A nova mulher que inicia outra etape da sua vida. A minha vida não vai voltar a ser a mesma, vos garanto.
Hoje fui confirmar o meu peso e tenho 88kg.
E hoje começo a minha dieta, os meus exercicios, a minha mentalização.
No próximo sábado, vou-me pesar outra vez e irei colocar aqui no blog, quanto perdi. Quero vos contar, porque também me obriga a ter um pouco mais de regra e disciplina. Sei que muitas meninas, andam a fazer dieta e também sentem que o blog as ajuda.
Espero, que deixem os vossos comentários de incentivo. Pois, sei que me vão fazer falta. Mas estou decidida.
Deixo-vos com um beijinho e quando chegar a Portugal irei visita-las nem que seja um cafézinho.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Agora só penso em regressar


Continuo com o Mr. Red, no entanto amanhã faço BHCG só porque o médico insiste.
Já decidi que vou fazer uma mudança no meu estilo de vida e alimentação.
Com 10 tratamentos em 5 anos, engordei e peso actualmente 87 kg. Com isso, vem a falta de auto-estima, a obrigação de vestir roupas que nem gosto mas são boas para esconder a gordura, não sair tanto, porque me vou sentir mal, ver tantas mulheres bem vestidas nas festas e eu não....enfim, coisas que só uma gordinha entende. E que as magras dizem que isso são tolices.
Vou cuidar de mim e deixar de pensar em mais tratamentos.
Dar atenção à minha parte profissional. Organizar assuntos particulares pendentes.
Vou ter que começar a organizar a minha vida em Portugal, pois sei que vai ser bem diferente.
Vou ter rotinas. Para trabalhar, para exercicios, para fazer as refeições, para a familia, para tudo!!!
A partir de agora, a ordem vai ser ORGANIZAR-ME!!
Sei que vai ser dificil, porque eu não tenho rotinas, nem de me levantar, nem de deitar, nem de ter que fazer refeições. Sou casada mas com vidinha de solteira. Eu e o meu marido, nunca tivemos rotinas, devido às nossas profissões.
Vai ser um esforço no início mas tem de ser, assim que chegar a Portugal!
Quero ver os meus amigos, matar as saudades de pessoas que me fazem falta, quando voltar e depois entrar na minha rotina.
Beijinhos e obrigada por estarem aí.
PS. Estou triste mas tenho que procurar já um objectivo para recomeçar tudo outra vez. Se penso muito neste fracasso, vou-me abaixo e agora não posso mesmo ir abaixo.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

10.º tratamento volta a ser mais um negativo.


Anteontem tive umas borras tipo café. Pensei: Talvez a implantação...Hoje, cada vez que vou ao wc, são perdas que eu tenho de sangue com moinhas, que tão bem conheço.
É negativo, eu sei ao fim de tantos tratamentos.
Já chorei agarrada ao meu marido. Chorei muito.
Continuo a tomar a progesterona e tudo mas eu sei...
Dia 25/9 faço bhcg mas eu já sei.
Não entendo!
Todos os médicos dizem que não existe razão conhecida, que tudo está bem, que não sabem....
Fiz uma histeroscopia cirúrgica e estava tudo bem. Ovários lindos. Ovulos bons.
Já mudei de tecnica de tratamento. Fiz com novas tecnicas americanas e nada mudou o resultado.
O que mais me custa é não perceber o porquê de não engravidar se me dizem que eu estou bem.
Amo muito o meu marido e hoje chorei com medo que ele me deixasse.
Sim, porque chega a uma altura em que temos medo que o outro não aguente, ou que não nos ame tanto.
Também porque, o meu marido, infelizmente, tem 2 irmãos que tiveram a lata de lhe dizer que devia era casar com outra.
São muçulmanos e vivem na aldeia e na cabeça destes 2 irmãos, muda-se de mulher e pronto (para mim morreram)!! Digo muçulmanos mas quero frizar que tenho casais amigos muçulmanos que também não estão a conseguir ter filhos e mantêm-se casados e unidos. Outros amigos muçulmanos, quando souberam da opinião dada pelos 2 irmãos do meu marido, ficaram chocados e revoltados. Mas eu sei, que em Portugal existe também muita gentinha, que diz o mesmo. Muda de mulher ou muda de marido!!! Ignorantes, existem em todo o mundo e religiões!
Enfim, depois de ter chorado cheia de inseguranças, o meu marido agarrou-me, abraçou-me e disse-me que está comigo para sempre, que me ama e não quer mais nenhuma mulher. Abraçamo-nos muito.
Amo-o mais do que quando o conheci  e já lá vão 11 anos.
Agradeço a Deus o marido que tenho. Sei que também o faço feliz e que me ama muito.
Só neste tratamento, com injecções que vieram da Arábia Saudita, com a imonuglobulina que se comprou, análises que se fizeram em Londres e viagens, o meu marido pagou aqui no Cairo, 6 mil euros, só para este tratamento. Fora as viagens, estadia, etc... Para nós é muito, porque eu deixei de trabalhar para estar aqui. E tem sido ele sozinho a suportar tudo.
Para muitas meninas que me lêem agora, sabem que eu e o meu amor, temos um novo motivo para estar juntos e felizes e se Deus quiser não vamos regressar a Portugal de malas vazias....

Beijo

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Não tenho paciência para vida de dondoca!!!

Já se imaginaram estar em casa, sem nenhuma ocupação? Não ter um objectivo de vida?
A vida é muito bonita para se viver e existem 1001, que podemos fazer. Praticar um desporto, ir à igreja ter comunhão com Deus, fazer voluntariado, visitar crianças abandonadas, separar o lixo, ter um hobby. ....
É tão bom sentir de não somos dondocas e que a vidinha é simplesmente vazia.....Claro, que além de sermos mães e esposas, também somos pessoas, não????????
Adoro, estar ocupada. Sempre arranjo algo.
Beijinhos

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Blogs de emagrecimento


Tenho passado muito tempo na net e descobri blogs de meninas que pesavam 143 kg e muitos outros e que começaram com um blog a descrever as suas dietas e exercicios. Hoje pesam 60kg e menos. INCRIVEL. Gosto de ver os seus blogs e a sua força.
Eu com tantos tratamentos, peso 85kg e espero ficar gravida com este. Mas já decidi que quando chegar a Portugal vou mudar a minha alimentação.
Quem precisa de emagrecer e de uma transformação FISICA, aconselho. Alguns blogs estão na minha lista.
Beijinhos

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Mãe cheia de saudades...


Pois é, a minha mãe já está cheia de saudades minhas. Já não me vê, quase há 2 meses. Claro, que falamos todos os dias por telefone mas não é a mesma coisa. Tenho 41 anos e nunca me separei dela. Sempre fomos muito ligadas. Até o meu marido se aproxima mais dela do que da familia dele. A minha mãe é muito boazinha. Adoro-a e amo-a muito mesmo. Agora, até sinto que sou eu que a protejo....e ela adora!!!!!!!!!
Beijinhos

domingo, 19 de setembro de 2010

Sem novidades de interesse

Continuo em descanso aqui por casa. Não pego em pesos e não faço movimentos bruscos. Tomo todos os comprimidos que o médico prescreveu certinhos. À noite levo uma injecção de heparina, que é a senhora que ficou aqui em casa comigo, que me dá, na zona da barriga.

Não sei o que Deus me reserva, quanto ao resultado. Podem ser dois! ou grávida ou não grávida, disso estou consciente.
Mas tento fazer a minha parte, direitinho.
Oro a Deus, porque me sinto bem, quando o faço.
Sei, que quando voltar a Portugal, a minha vida vai ter que mudar.
Estabelecer horários, objectivos, tempo para desporto, para uma dieta de emagrecimento, levada a sério.
Estou preocupada com o meu trabalho, pois deixei a minha profissão de lado para estar aqui, na busca de um filho/a.
Adoraria abrir um negócio. Sempre tive muito jeito, pois sou filha, neta e sobrinha e afilhada de comerciantes e sinto que esse bichinho me está cá dentro sempre a chamar.
Adorava ter uma empresa que proporciona-se alegria aos outros e satisfação.
Ou na área da hotelaria ou na área dos cuidados domiciliários.
O ideal era ter um palacete, daqueles reconstruídos onde proporcionasse estadias aos séniores. Tipo uma colónia de férias no meio da natureza.
Bem acho que já sonhei demais...
Beijos e fiquem bem.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Não Implantação

http://www.bios.med.br/trat_10.php

A todas as meninas que após muitos tratamentos não conseguem engravidar, peço para lerem este artigo.
Eu, por exemplo, como podem ver no meu blog, vim ao Cairo para ser tratada por um médico que faz este mesmo tratamento ao sistema imunologico.
Mandou-me ir a Londres, onde fiz 18 análises, todos só do sistema imunológico.
3 deram com valores alterados.
1 delas, é a que é mencionada, na lista de análises, deste site no ponto 14, CD56. Devia ter 12% e tenho 18%.
Significa que tenho excesso de celulas NK. Leiam o site e saberão o que são e o que fazem para impedir a implantação.
No fim, mesmo no último parágrafo, fala do tratamento para a disfunção do CD56, com imunoglobulina no 6.º dia de estimulação. Eu levei 200ml de imunoglobulina tal como o tratamento:

 "Subpopulação linfocitária +: fazemos imunoglobulina no 6o dia da indução e no dia da transferência dos embriões, se positivo, repetimos e fazemos uma nova dose quando da visualização dos batimentos cardíacos e a partir dai a cada 4 semanas até a 30 a semana."

No dia da trasnferencia do meu embrião não fiz a imunoglobulina.

Não sei se vou engravidar mas descobri algo de errado nas análises e tentei tratar.

Existe um estudo de Chicago, também que diz que após estes ttt, aumentou a % de mulheres grávidas.

Vejam aqui:

http://www.aloimune.med.br/destaques.asp?cod=14

Procurem na net, google, tudo sobre: Imunologia da infertilidade.

Beijinhos

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Um resistente transferido.



Dos 2 embriões apenas 1 resistiu até ao 5.º dia. Já não estou sozinha, como diz a Susana e agora a estrelinha está no quentinho do meu útero, pronta para se agarrar ao meu endométrio. Assim espero. Beijinhos

domingo, 12 de setembro de 2010

2

Dois, são os embriões, que continuam na corrida. Hoje é o 3.º dia de laboratório e têm este aspecto. 8 celulas. Vamos ver se chegam ao 5.º dia.
Beijinhos

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

E a colheita foi....

9 foliculos e cada 1 cheio. Por isso, temos 9 ovócitos. Amanhã ligamos ao biólogo para saber quantos fecundaram. Para tratamento curto, até foi muito bom. Agora estou cheia de moinhas mas é normal. Vamos tentar blástocistos de 5 dias.
Beijinhos e obrigada pelas mensagens.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Amanhã 9h, punção dos ovócitos.

Só venho dizer, que me vou agora deitar e que amanhã vou fazer a punção dos meus ovócitos. Já não como mais nada hoje, para a anestecia de amanhã. Doem-me os ovários. Sei que é dos foliculos grandes. Beijinhos e depois venho dizer qual o resultado da colheita.
Até mais logo.
Fui....

Testemunhos de EQM.


Andava na net e lembrei-me de uma amiga, de 62 anos, hoje é psicóloga no centro da cidade de Lisboa e que me contou, que em pequena, teve uma experiência de quase morte.
Conheço-a à 31 anos e sei que ela é uma pessoa totalmente credível!! Contou-me que em pequena esteve em coma no hospital. Lembra-se de se ter visto do cimo do quarto, vendo o corpo dela deitado na cama, com os familiares e médicos á volta, fazendo tudo para que ela voltasse do coma. Ela lembra-se que estava consciente e percebia bem as conversas e o desespero dos familiares. Simplesmente, estava bem ali, naquela situação e nada fazia. deixava-se estar.
Até que um dos familiares, se lembrou de levar ao hospital, o seu cãozinho (penso que na tentativa de puxar pelas suas emoções e faze-la acordar), e a verdade, é que ela viu o seu cãozinho e tomou a decisão que queria ir ter com ele.
Acordou do coma!

Esta conversa aconteceu àcerca de 2 anos, quando o meu querido pai, estava em coma, e eu lhe perguntei, se ela achava que as pessoas em coma, se apercebem do que as rodeia.
Fui nesse dia, que ela me contou a sua própria experiência. Que eu desconhecia totalmente!!!!!

Por isso, hoje resolvi ver na net, se existem mais testemunhos e descobri isto:

Beijinhos


"As experiências de Quase-Morte – Parte 2


:: Wilson Francisco ::
Emmanuel Swedenborg

Considerado um dos precursores do Espiritismo, relatou sua experiência fora do corpo, explicando como passou pelos primeiros eventos da morte. "Fui levado a um estado de insensibilidade quanto aos sentidos corporais, quase a um estado de morte. Porém, a vida interior, com o pensamento, permaneceu íntegra e, com isso, percebi e retive na memória as coisas que ocorreram aos que são ressuscitados dos mortos. Ele se encontra com anjos que desejam saber dele se está preparado para morrer. Os anjos ou espíritos conversam uns com os outros, diz o pensador sueco. A fala desses anjos é escutada naturalmente por ele, mas não é ouvida pelos que estão à sua volta. A razão é que a fala do anjo flui diretamente para o pensamento. Swedenborg descreve também a luz do Senhor que permeia o além, uma luz de brancura inefável que ele próprio viu de relance. É uma luz de verdade e compreensão.

Nos EUA oito milhões de ressuscitados

Uma pesquisa realizada em 1982 pelo Instituto Gallup dos Estados Unidos (país que tem o sistema de resgate e ressuscitação de pacientes com paradas cardíacas mais aperfeiçoado do mundo) registrou que cerca de oito milhões de pessoas passaram pelo trauma da morte súbita interrompida. O maior índice de pessoas que passaram por esta experiência de quase-morte é residente na cidade de Seattle, onde Kimberly Sharp, assistente social americana, escreveu o livro After the Light – Depois da Luz, onde relata o testemunho de dezenas de pessoas, material este coletado ao longo dos anos em que trabalhou no Harborview Medical Center, de Seattle.



O testemunho mais importante é o seu próprio. Em 1970, aos 22 anos, ele teve uma parada cardíaca e ficou desacordada por uma hora e meia. Segundo ela, a maior e mais radical mudança acontecida em sua vida, após ter estado com a vida por um fio, foi o sonho de todo ser humano: perdeu o medo da morte. Isso não significa que quero morrer. Adoro a vida, mas é muito melhor viver sabendo que tudo não acaba aqui, diz Kimberly.

Nasci de novo
Evio Santos, 31 anos, em 31 de dezembro de 1997, levou um choque elétrico. Enquanto os médicos suavam para ressuscitá-lo, ele via sua mãe, Maria Ligia, que morrera de câncer quando ele tinha cinco anos de idade. Tive medo, mas minha mãe me acalmou. O coração de Evio parou por 30 minutos (os médicos dão sobrevida de apenas cinco minutos para o cérebro).
Ele não acredita em vida após a morte e não sei se foi sonho ou realidade. O que importa é que nasci de novo e agora valorizo muito mais minha vida. Aprendi como somos limitados diante da morte, diz.



Radialista, depois de morta, descobre que o médico tem amante e afirma: A vida na Terra é apenas um laboratório.
Ouvi o médico dizer que eu estava morta. Queria gritar que tinha medo de ser enterrada viva, mas ninguém dava bola. Tentei tocar a enfermeira, mas minha mão atravessou o braço dela. De repente, saí do corpo e voei no corredor do hospital. Tão alto que minha cabeça quase batia no teto. Era tudo tão vivo, tão forte. Não tenho nenhuma dúvida de que era realidade, diz a radialista Maria Aparecida Cavalcante, 42 anos. Enquanto um dos médicos tentava reanimá-la com massagem no coração, ela o ouvia desabafar com a equipe de enfermeiros sobre desentendimentos dele com sua amante. Recuperada, ela diz que perdeu o medo de morrer. Sou uma pessoa mais tranqüila e muito mais ética. Isso aqui é apenas um laboratório.



Uma viagem para renovação
No seu livro Other-world Journeys, Carol Zaleski, teólogo de Harvard, inclui depoimentos deixados por povos antigos gregos, romanos, egípcios e orientais, onde eles afirmam ter morrido e em seguida terem retornado à vida. Garantem ainda que após essa experiência deixaram de temer a morte como antes. Para eles a morte seria uma viagem cujo objetivo é recuperar a verdadeira natureza do viajante.

O que dizem alguns cientistas
A falta de oxigênio nos tecidos do cérebro, definida por hipoxia, é o argumento preferido dos cientistas para tentar explicar as imagens que os pacientes têm da morte. Nesse processo há uma completa desestabilização das imagens visuais uniformes, daí a percepção de linhas, túneis, do branco.

Para Mônica Fonseca, neurologista com mestrado na UFRJ, a visão que Evio teve da mãe durante o episodio, Foi ocasionada por um lapso de memória durante a parada, ele completou essas lacunas com a imagem da mãe. Provavelmente, a perda da mãe não ficou muito bem resolvida em sua cabeça. O sofrimento de certas áreas do cérebro pode levar à criação de imagens, como num sonho.

Novos paradigmas da ciência
Os tecidos profundos do lobo temporal direito do cérebro continuam em atividade mesmo depois da morte. Isso aconteceu com pacientes que tiveram paradas cardíacas de mais de dez minutos. Essas experiências representam evidencias circunstanciais de que algum tipo de consciência sobrevive à morte da matéria e que o lobo temporal direito pode ser um mediador das vivências espirituais dos indivíduos, elucida o neurocientista e pediatra americano Mel Morse, num estudo intitulado Os novos paradigmas da Ciência.

Por outro lado, a experiência de quase-morte não deve ser confundida com alguns fenômenos paranormais, onde uma criatura se desliga do corpo por algum tempo e depois retorna, como foi o caso do famoso médium Mirabelli, cujo desligamento era tão intenso e longo que as pessoas a sua volta sentiam o cheiro de seu corpo, como se estive em estado de putrefação.

Shirley MacLaine em seu mais conhecido livro Out on a Limb relata marcantes fatos paranormais acontecidos com ela mas, no entanto, esses fenômenos também não têm nada a ver com a morte aparente.

As pesquisas e os estudos desse fenômeno, por si só, são muito interessantes, exigindo que todos, mesmo os que não acreditam em nada, pensem sobre o assunto, afinal os fatos estão aí, demonstrando que pode haver uma sobrevida, após a morte do corpo. As experiências vividas pelas criaturas aqui relatadas e milhares outras registradas em livros e reportagens, devem ter o seu objetivo, talvez resgatar nessas pessoas o desejo de viver ou o respeito a Deus, pois todos que voltaram dessa inusitada experiência, transformaram sua visão a respeito das pessoas e do mundo, perderam o medo da morte e deram muito mais qualidade a suas existências, passando a viver com mais alegria, ética e destemor.

Por tudo isso, a ciência não poderá se furtar a estudar este tema, que interessa bastante a humanidade, até porque, como diz o neurocientista Antonio Damásio:

Eu acredito que as duas culturas (ciências e humanidades) estejam de fato se aproximando. Há um grande interesse em como o cérebro e a mente trabalham, por parte de humanistas e existem agora alguns cientistas que desejam encontrar os humanistas a meio caminho e travar um diálogo verdadeiro."

Tirei deste site:
http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=3631

Raymond Moody, " Vida depois da Vida"

Raymond Moody, nasceu a 30 de Junho de 1944, é um médico, psicólogo e parapsicólogo natural de Porterdale, Geórgia, Estados Unidos da América.
É amplamente conhecido como autor de livros sobre vida depois da morte e experiências de quase-morte, um termo criado pelo próprio em 1975. O seu título mais vendido é Vida Depois da Vida.


Moody estudou filosofia na Universidade da Virgínia, onde obteve bacharelato em artes em 1961, mestrado em 1967 e posterior doutoramento em filosofia em 1969. Obteve também doutoramento em psicologia na Universidade da Georgia Ocidental onde se tornou professor nessa área.

Em 1976, foi premiado com um doutoramento em medicina pela Faculdade de Medicina da Geórgia. Em 1998, foi nomeado Mestre em Estudos da Consciência na Universidade de Nevada, Las Vegas. Após a obtenção do seu doutoramento, Moody trabalhou como psiquiatra forense num hospital de máxima segurança do estado da Geórgia.

O livro mais famoso de Moody deu origem ao filme homónimo Vida Depois da Vida, o qual lhe valeu uma medalha de bronze na categoria Relações Humanas no Festival de cinema de Nova Iorque. Recebeu também o prémio World Humanitarian Award.

A partir do estudo descrito no livro Vida Depois da Vida, e com o auxílio dos depoimentos de cerca de 150 pessoas que sofreram de morte clínica, ou aos quais havia sido diagnosticado que tinham quase morrido, Moody concluiu que existiam nove experiências comuns à maioria das pessoas que passaram pela experiência de quase-morte, tais como:


ouvir um zumbido nos ouvidos;

um sentimento de paz e ausência de dor;

ter uma experiência fora do corpo;

sentir-se a viajar dentro de um túnel;

sentir-se a subir pelos céus;

ver pessoas, principalmente familiares já falecidos;

encontrar seres espirituais, por vezes identificados como sendo Deus;

ver uma revisão da própria vida;

sentir uma enorme relutância em voltar à vida.

Eu acredito, pois conheço uma pessoa que já viveu EQM, Experiência de Quase Morte. Hoje ela é psicóloga.



 

Cairo e a Mesquita de Mohamed Ali- Alabastro


É a maior cidade do mundo árabe e da África. A cidade conta com uma população de uns 20.000.000 habitantes, fazendo do Cairo a 15.ª metrópole mais povoada do mundo. É, também, a área metropolitana mais povoada de todo o continente africano. É conhecida pelos egípcios como a "mãe de todas as cidades" e a "cidade dos mil minaretes".

O nome atual se deve aos Fatímidas, que batizaram a cidade com o nome de Al-Qahira. Depois de diversas invasões como a dos mamelucos, otomanos, Napoleão e os britânicos, Cairo se converteu em capital soberana em 1952, só......! O Egipto proclamou a sua independência, face aos britanicos em 1922 e actualmente tem 80 milhões de habitantes.

O clima do Cairo é desértico (BWhs), com verões muito quentes e invernos amenos.

Estima-se que cerca de 90 por cento da população muçulmana seja de Sunitas. Quase todo o resto da população é de Cristãos Coptas.


Mesquita de Mohammed Alí surge no coração do Cairo, com os seus elegantes minaretes com mais de 80 m de altura e a multiplicidade luminosa das cúpulas.

Mohammed Alí era um simples soldado, albanês de origem e grego de nascimento, que em 1799 chegou ao Egipto para combater contra Napoleão.

Tinha apenas 30 anos, mas um glorioso destino pela frente: em 1801, já comandava as tropas albanesas estacionadas no País e quatro anos mais tarde era nomeado vice-rei dos Egípcios.


Chegado ao poder, não perdeu tempo para consolidar a sua posição, rodeando de uma corte de fiéis, não descurando também o reforço económico e o embelezamento arquitectónico da própria capital.

Em 1830, deu assim início à edificação da grande mesquita que ainda hoje se eleva sobre a capital. O extenso pátio, com quase 3000 m2, é ladeado por ágeis colunas de mármore, encimadas por leves cúpulas. Ao centro, incrivelmente requintada, ergue-se a grande fonte das abluções rituais, protegida e quase fechada no interior de um sofisticado pavilhão.

A mesquita propriamente dita, um edifício que deslumbra pelos interiores extraordinariamente ricos em decorações em alabastro e mármore relembra em muito, nas estruturas e na forma, outro monumento famoso: Santa Sofia em Istambul.

Sobre tudo isto domina a grandiosa cúpula central, com mais de 50 m de altura e um diâmetro superior a 20, que no interior se apresenta ricamente trabalhada e decorada.

Evidentemente orgulhoso do que pode ser considerado a sua obra-prima, Mohammed Alí, que morreu em 1849, quis ser sepultado no seu interior: o seu túmulo em mármore branco ergue-se, com efeito, à direita do portal de entrada da mesquita.

Beijos e olhem que é mesmo LINDA!

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Acabei de chegar do médico.

(Exemplo de Punção aos Ovários)

São 01.46h em Portugal, 02.46h aqui no Cairo. Acabei agora de chegar do médico. Cheguei à cliníca e o médico fez-me uma ecografia, onde verificou que estou cheia de foliculos e grandes. Ficou muito contente e até me disse que com 41 anos tinha uma excelente resposta ovárica, melhor que muitas jovens de 25 anos. Fiquei feliz mas isso não acrescentou nada de novo pois todos os médicos me têm dito isso.
Decidiu que faço a punção na próxima 5.ª F, dia 9, pelas 09.00h da manhã. Fez uma prescrição médica para as enfermeiras, dando ordens para subir aos quartos particulares e darem-me 1 injecçao com 3 frascos de pó de purgon, 10 mg de Lucrin e em seguida ser administrada via intramuscular a injecção de despoleta a ovulação, Pregnyl, e com a qual ele sabe que tem de contar 36 horas, para recolher os foliculos.
Ainda assim, fui a um laboratório de análises, para fazer a análise do FSH, LH e Estradiol 2. O resultado está pronto amanhã.
Disse-me que colocou o melhor médico biologo como responsável da minha ICSI, para que faça o melhor para ter embriões de 5 dias, ou seja blastocistos.
Este é o objectivo do médico.
Gostei da ideia dele, gosto da forma profissional dele e espero que este seja o meu último tratamento, que Deus esteja do meu lado, pois gerar uma vida dentro de nós, é um MILAGRE da vida, que só Deus concede.
Abençoa-me Senhor meu Deus.
Beijos a todos e obrigado pelo vosso apoio.
Fui...

Mais comida de Portugal nas malas.



Ontem à noite, chegou mais uma vez o meu marido, aqui ao Cairo. Com ele trazia malas e malas. Umas de 2 amigos e o resto de comidinha da boa! Aqui no Cairo as compras de mercearia, ou melhor de bens essênciais são muito caros e a qualidade não é a mesma que a nossa. Regra geral, claro, pois aqui também existem as multinacionais, como a Nestlé. Mas quando se compram aqui marcas multinacionais, pagamos o dobro! Por isso o meu marido e a minha mãe compraram imensa coisa. Desde massas, arroz, carne, peixe, legumes, fruta, tudo devidamente congelado. Tostas, queijos vários, paezinhos de leite, enfim...muita coisa. Para matar a gulodice a minha mãe, mandou-me salame de chocolate e ovos moles de Aveiro.
Estes últimos foram logo os primeiros a abrir!!!!
De barriguinha saciada, fomos dormir.
Logo à noite, vou novamente ao médico, ver o tamanho dos foliculos. Darei depois aqui novidades.
Beijos e vejam lá se me deixam umas mensagenzitas para me fazerem companhia.
Fui...

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Hoje, mais injecção.

Como já vos disse, o médico está muito contente pelo tamanho dos meus foliculos. Mostrou-me e eu só via BOLAS pretas! mas ainda quer que aumentem mais. Por isso, hoje, vou dar mais um injecção intramuscular de gonadotrofina(Marional)onde leva 6 frasco de pó diluídos só com 2 de liquido. DOÍ prá caramba!!!! Mas pronto. Tem de ser. E vou levar mais 10mg de Lucrin, que não doí nada e para finalizar a festa, mais uma injecção de Heparina, que aviso já, que a agulha é minúscula mas o liquido a entrar parece vidrooooo.....oh, meu Deus!
E pronto, esta vai ser a festa de hoje.
Amanhã ás 23h vou ao médico para me ver o tamanho dos foliculos, por sonda vaginal e só depois, saberei o passo seguinte.
Até lá, vou andar a ver os vossos blogs.
Beijinhos

sábado, 4 de setembro de 2010

Já tomei 10 frascos de 50ml cada, de imunoglobulina S

Pois amigas, como avisei, tinha medico hoje para me fazer a sonda vaginal e ver o desenvolvimento dos meus ovários e por conseguinte, dos foliculos. Já tenho muitos foliculos e grandes. Aliás, já me começa a doer a zona do útero. Como estava tudo bem, o medico achou que esta era a altura de começar a levar a imonuglobulina, tal como já escrevi aqui abaixo. A dose seria de 10 frascos  de 50ml cada, imunoglobulina S.
O medico disse que tinha de levar tudo hoje, tipo "empreitada"! Então fui para um quarto particular, e lá primeiro puseram-me a "soro", uma garrafa inteira (não era soro mas um liquido para precaver, caso eu fizesse reacção alérgica á imunoglobulina. Depois de quase 1 hora, começam a colocar os 10 frascos, também por via intravenosa. Devo dizer que me custou muito colocar a agulha na veia da mão, porque a enfermeira não encaixou bem a agulha na veia!!! Depois recusei-me que ela tentasse de novo. Veio a médica anestesista, que estava de serviço a um parto. Acertou à primeira!! Bendita!!! E começou o pingue-pingue, até fazer 10 frascos de 50ml, ou seja meio litrinho no sangue. Para finalizar, ainda levei no fim, uma injecção intra muscular, de 6 frascos de pó diluídos apenas em 2 de liquido, do medicamento, Merional (estimulação dos foliculos).
Bem, resumindo, pagou-se 9.763 Libras egipcias, sendo que 1euro são 8 libras egipcias, pagamos 1220,00 euros!!!! Por tudo.
Diz o Dr. que se eu fizesse o mesmo tratamento em Londres, este valor era o que eu iria pagar, só de um frasco de imunoglobulina....
Então levei as 10 doses e pronto, não vou levar mais.
Agora é esperar por 2.ª F dia 7/9, para lá ir mostrar os foliculos e decidir quando faço a punção.
Ah, é verdade, com tudo isto não dormi e cheguei a casa ás 07.00h.
O desgraçado do meu amigo, que me levou, passou o tempo a dormir no sofá da sala de espera, pois o meu marido está ainda em Lisboa e ele teve de me dar boleia. Coitado dele!
Entretanto, enquanto levava os frascos por via intravenosa, passei a noite a ouvir desde as 00H até ás 6.0H, a desgraçada que estava em trabalho de parto, a gritar, gemer, enfim, tal como nos filmes, de uma agonia atroz.....:((((((, dava até parra perceber quando o bébé estava na recta final, pobrezinha. Depois deixei de a ouvir. aqui no Egipto, fazem as mulheres sofrer a contracções todas ao natural e só quando a médica agarra a cabeça do bébé, é que dão uma sedação leve, para não sentirem a cabeça e o corpo a sairem nem a cozerem.
Quando abri a porta do meu quarto, para me ir embora, esta a nova mãmã, a entrar numa cama de rodas, para o quarto dela, com ar de morta...coitada, gritou tanto e sofreu...Mas pronto, já é mãe. Será que até me deu sorte???
Beijos e vou dormir tipo pedra! Fui. :)

Fotos dos medicamentos para 9.ª ICSI, no Egipto.



Estes são os medicamentos que estou a tomar para a minha 9.ª ICSI.

 1.) O MERIONAL, é igual ao Menopur, Purgon, Gonal F, levo 1 injecção intramuscular diárimente, de 6 frascos de pó, diluídos com 2 de liquido, ou seja 450 unidades diárias. É uma Gonadotrofina Menopáusica Humana (HMG), altamente purificada. É este medicamento, que faz os ovários serem estimulados, a fazerem bons ovúlos, para depois serem retirados, sob sedação leve para punção, (onde dormo 10 minutos). Cada frasco- ampola contém:

Hormônio1 Folículo- estimulante (FSH) .................... 75U.I.

Hormônio1 Luteinizante (LH) .................... 75U.I.

Manitol .................... 40 mg


2.) Levo 1 injecção de CLEXANE, via subcutanêa, diáriamente. É um anticoagulante, heparina. Evita as trombófilias. Devo-vos dizer que o liquido é bastante doloroso, que me deixa com hematomas, na zona da pica.

3.) O LUCRIN, serve para "adormecer" os ovários. Não deixa que sejam estes a criar os foliculos mas sim o MERIONAL.

4.) DEXAZONE, (dexametasona) 1 comprimido diário. É um análogo sintético de hidrocortisona. É cerca de 25 -50 vezes mais potente que a cortisona, relativo à-inflamatórios gluco-corticóides efeitos anti mas com fraca atividade sobre o metabolismo extremamente eletrólito.

E hoje vou ao médico, para ver o tamanho dos foliculos. Devo dizer que já começo a sentir que eles estão a crescer, pois doi-me a zona dos ovários.

Quando voltar, conto-vos o que o médico me disse.
Beijos

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

A clínica no Cairo, onde faço os tratamentos para ICSI.



                                                                                http://www.darelteb.com/

Esta é a morada do site, da minha clínica, onde faço os meus tratamentos aqui no Cairo e que eu adoro! O médico é um espectáculo. Super simpático, brincalhão, muito BOM profissional. Aqui vêm casais de todo o mundo, acreditem!
A clínica é ultra moderna, o pessoal é cinco estrelas. Estou muito feliz por ter visto na televisão, através da antena parabólica, uma entrevista com o meu médico. Dr. Ahmed Abdawalla. Se virem o site, entrem na galeria e na última foto, podem ver a equipa completa. O meu querido médico e director da clinica é o que está á frente, no meio de bata branca e sapatilhas brancas.
Já estive naquela sala de operações, que se vê nas fotos. Só espero que me tragam sorte e uma gravidez.
Beijos

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Uso de Imunoglobulina venosa em FIV/ICSI. Meu tratamento!


Descobri este artigo neste site: http://www.aloimune.med.br/destaques.asp?cod=14


Isto porque fui a Londres, fazer 18 análises ao sistema imunologico e deu que eu na análise CD56 ( Naturel Killer cells), presentes no nosso endométrio, têm um aumento de 6%, em relação ao máximo. O máximo é 12% e eu tenho 18%.

Por isso, o medico me mandou tomar Imunoglobulina Intravenosa, 6 frascos.
Fui ver na net e descobri exactamente, qual o tratamento que ele me vai fazer.
Este:


"Revista: Early Pregnancy. 2000 Apr;4(2):90-8

Aumento das taxas de gravidez após FIV/ETE com uso de Imunoglobulina Intravenosa em mulheres com elevação das células C56+ (NK) circulantes

Autores: Coulam CB, Goodman C.

Centro de Reprodução Humana, Chicago, EUA.

Foi demonstrado que a Imunoglobulina Intravenosa (IgIV) aumenta as taxas de sucesso de gravidez após falhas em ciclos de Fertilização in Vitro e Transferência de embriões (FIV/ETE) em mulheres com boa produção de embriões (fertilização de, pelo menos, 50% dos oócitos e gerando, no mínimo, 3 embriões por ciclo).

Mulheres que apresentaram falhas em implantação têm, mais frequentemente, alto percentual de células CD56+ (Natural Killer-NK) circulantes (>12%) em comparação com mulheres férteis (3-12%).

Para avaliar o efeito da IgIV nas taxas de sucesso de gravidez em mulheres com elevado percentual de células NK circulantes, 32 mulheres que apresentaram previamente falhas em ciclos de FIV/ETE (>12 embriões transferidos sem gravidez) foram estudadas.

As taxas de gravidez e nascidos vivos foram comparadas nestas mulheres. Todas 32 mulheres tiveram falhas em ciclos de FIV/ETE após, pelo menos, 12 embriões transferidos, foram eficientes em produzir os embriões e tiveram altos percentuais de células NK circulantes. Cada mulher recebeu 500mg/Kg de IgIV antes da transferência do embrião. Se a concentração do hCG sérico demonstrasse positividade para gravidez, IgIV era continuada na dose de 500mg/Kg/mês até 28 semanas de gestação.



As taxas de gravidez com e IgIV ( imunoglobulina) foram 56%  e  sem a imunoglobulina foram só de 9% (p<0,0001).



As taxas de nascidos vivos foram 38% com IgIV  imunoglobulina e 0% sem IgIV imonuglobulina (p<0,0001).



O uso de IgIV aumentou as taxas de gravidez e nascidos vivos em mulheres com elevação das células NK circulantes que tiveram história prévia de falhas em ciclos de FIV/ETE.

Apesar dos avanços tecnológicos em Reprodução Humana na elevação das taxas de fertilização após FIV, as taxas de implantação após a transferência dos embriões não apresentou elevação significativa nos últimos 20 anos.

Taxas de implantação após FIV/ETE são influenciadas pela qualidade do embrião e receptividade do endométrio. A receptividade do endométrio envolve os fatores hormonais e imunológicos.

Dentre os fatores imunológicos que exercem papel importante no sucesso da implantação do embrião, estão as células NK. As células NK, presentes na decídua, que expressam CD56 e não o CD16, foi associado com o sucesso da implantação. Uma deficiência destas células na decídua e uma elevação das células CD56+ circulantes, têm sido observado em mulheres com falhas de ciclos de FIV/ETE.

Mulheres com história de falhas em ciclos de FIV/ETE têm sido tratadas com sucesso com a IgIV. A IgIV reduz a ativação das células NK e a sua atividade assassina, tanto in vitro como in vivo. Esta redução na atividade das células NK é essencial para uma implantação normal.

Para definir o papel da IgIV no tratamento das falhas de FIV/ETE, taxas de gravidez e nascidos vivos, foram comparados o tratamento com IgIV antes e depois em mulheres submetidas à ciclos de FIV/ETE que tinham elevação das células NK."

Espero que começar em breve este tratamento. Mas ainda não sei quando. Que Deus me ajude!

Um episódio caricato...

Ontem , eu tinha de levar uma injecção intra muscular, e por isso fui á farmácia que fica mesmo no meu prédio, onde me encontro a residir, "temporáriamente". Aqui todas as farmácias têm alguém que dá injecções! Cheguei á farmácia e graças a Deus, o rapaz falava inglês. Penso que devia ser o filho do dono. Diga-se de passagem até muito engraçado! Não parecia egipcio. Parecia mais tipo italiano...Bom, mas avançemos!Lol! Tive de me sentar á espera que chegasse o enfermeiro, (3 minutos). De repente entra uma mulher e sentasse ao meu lado. Com um ar muito doente. E eu a olhar, como as crianças fazem...muito atenta, a ver tudo ao meu redor! Entretanto, ela sem falar nada, o rapaz dá-lhe um comprimido e ela vai-se embora, sem pagar....Perceberam??? Eu também não!!! Curiosa, que sou, perguntei; " Desculpe mas o que aconteceu? Ela nem lhe pediu nada...?".
O rapaz respondeu, que este tipo de gente já é conhecida nas farmácias. Entram, fazem-se muito doentes, quase a dar-lhes o "fanico" e depois dizem ao policia que a farmácia não prestou socorros, e fazem sarilhos...Enfim, tudo isto, para quê? Porque são pobres e não têm dinheiro para comprar remédios...e assim, um aqui, outro ali, vão tendo a sua dose diária...Perceberam agora a tecnica? E também perceberam a miséria?
É que aqui no Egipto, não há subsidio de desemprego, nem abonos, nem ajudas da segurança social. Aqui trabalhasse 18 h dia e ganha-se perto de 100 euros. Devo-vos dizer que 1 litro de leite, custa 1euro!!!!
Por hoje chega, e nem tudo é mau na nossa vidinha...choramos mas existe muita miséria neste mundo.
PS. Agora o enfermeiro, por 1 euro, vem a casa dar-me as injecções.
Ah, esquecia-me de dizer que esta foto, tem o simbolo, que aqui todas as farmácias usam na sua publicidade de exterior! Não é a cruz verde, como as nossas.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O que estou a tomar.


Como a iiu deu negativa, já começei na 2.ª Feira ( 1.º dia do ciclo) a tomar 1 injecção por dia de CLEXANE 8000 UNIDADES. Subcutanêa. É heparina ou seja anticoagulante para evitar trombofilias, ( embora eu já tenha feito análises aos ANA e deu negativo.) mas aceito tudo o que este medico pretende fazer. Ele sabe bem o que faz.
Estou a tomar 1 injecção de LUCRIN 10MG, por dia. Subcutanêa. Ajuda a estimular os ovários, foliculos e ovúlos.
Estou a tomar 1 injecção de MERIONAL 75 mg, por dia. Intramuscular.É uma Gonadotrofina Menopáusica Humana (HMG) Altamente Purificada. Ajuda no tratamento do endométrio e ajuda a facilitar a nidação ou implantação.
Isto de uma forma muiiittttoooo genérica.
Ando toda picada na barriga e no rabiosque. Amanhã vou à consulta para saber qual o resultado da histeroscopia cirúrgica, que fiz na 2.ª feira.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Soufflé de Salmão Fumado


Adoro um bom soufflé!
É uma entrada tipicamente francesa com uma consistência leve como uma nuvem. Pode parecer o pior dos pesadelos para uma cozinheira inexperiente, mas é na realidade muito simples de realizar. Existem algumas regras importantes para obter um soufflé perfeito:


A forma tem de ficar perfeitamente untada para o soufflé crescerO creme não pode cozer muito

Não se deve escangalhar as claras em castelo ao incorpora-las no creme

A porta do forno deve manter-se fechada durante toda a cozedura

O soufflé serve-se logo que sai do forno

Et voilà...! Esta versão com salmão fumado e cebolinho é divinal...!

Ingredientes para 4-5 pessoas

25 g de pão ralado

3 colheres (sopa) de manteiga + um pouco para untar

1 chalota francesa picada finamente (ou 1 cebola pequena)

25 g de farinha

225 ml de leite

50 g de queijo gruyère ou emmental, ralado em fios

3 ovos grandes (claras e gemas separadas)

200 g de fatias finas de salmão fumado, cortadas em tiras pequenas

2 colheres (sopa) de cebolinho picado

3 dentes de alho picado

sal, noz moscada & pimenta moída no momento

Preparação

Pré-aquecer o forno a 220ºC. Untar generosamente uma forma própria para soufflé* com manteiga e polvilhar com o pão ralado. Virar a forma e sacudir para eliminar o excesso de pão ralado. Reservar.

Derreter a manteiga num tacho, em lume médio-brando. Juntar a chalota/cebola picada, alho picado e refogar até ficarem tenros, sem deixar ganhar cor.

Adicionar a farinha e mexer constantemente durante 1 minute e 1/2, aproximadamente. Juntar o leite aos poucos, sem parar de mexer, até ferver e espessar um pouco. Cozinhar por mais 2 minutos, mexendo sempre.

Retirar o tacho do lume e envolver o queijo ralado. Deixar amornar um pouco antes de incorporar as gemas de ovo. Misturar muito bem.

Adicionar as tiras de salmão fumado e o cebolinho picado. Temperar ligeiramente com sal, noz moscada e pimenta. Envolver muito bem e reservar.

Á parte:

Bater as claras em castelo firme. Incorporar ao preparado anterior com o auxilio de uma espátula ou de uma vara de arames, sem bater e levantando o preparado de baixo para cima com movimentos suaves.

Transferir o preparado para a forma e levar ao forno por aproximadamente 30-35 minutos ou até o soufflé se apresentar bem crescido e dourado, sem NUNCA abrir o forno. Passados 10-12 minutos de cozedura, baixar a temperatura do forno para 180ºC.

Retirar o soufflé do forno e servir de imediato, acompanhando com salada de folhas. É optimo.....hummmm!

* ou 4-5 ramequins individuais. Nesse caso, o tempo de cozedura é apenas de 15-20 minutos.

Fonte : receita ligeiramente adaptada do livro Peixe e Marisco - Parragon Books (Portugal)

Perdoar científico.

Na sua essência a atitude de PERDOAR é mais científica, prática e inteligente do que religiosa – pouco tem a ver com ser bonzinho ou mauzinho.

Pouca capacidade de perdoar; aumenta a probabilidade de adoecer.
É lei da física: Cada vez que emitimos uma onda pensamento/sentimento lenta e de baixa freqüência, como raiva, ódio, mágoa, rancor ou medo; ao retornar a nós, ela é capaz de afetar a função dos órgãos, criando um padrão de funcionamento orgânico doentio; tanto em nós quanto nos que estiverem em sintonia conosco.

Raiva, ódio e mágoa são doenças morais contagiosas? Mais ou menos – o mecanismo é de ressonância.

Nós somos capazes de criar doenças; não apenas em nós mesmos; mas também, uns nos outros; caso vibremos na mesma freqüência; pois, estamos conectados.

Descuidados, permutamos doenças; ao invés de sanidade – e, o pior é que esse padrão de atitudes gera kharma; saber ou não saber disso; apenas agrava ou atenua a responsabilidade; não nos exime dela.

Freqüências energéticas são como bumerangues, que dia menos dia retornam trazendo equilíbrio de sanidade ou lixo energético que se acopla pelo caminho; deixando perplexos os médicos, pois os sintomas do doente não se ajustam aos padrões normais das descrições das doenças.

Noutras vezes, todos os tratamentos, por mais bem conduzidos que sejam, não funcionam a contento ou as recaídas são muito freqüentes; enquanto o padrão vibratório da pessoa não se modifique.

Façamos a seguinte analogia: a doença causada em certos órgãos pela estagnação de energias pesadas e lentas, como ódio e mágoa criam uma “ferida energética” – não adianta espantar as “moscas eletrônicas” (formas pensamento); pois outras virão tomar seu lugar – é preciso uma verdadeira e radical cirurgia moral.

Não perdoar acentua o stresse.

Projetamos nos outros e no meio, o que vai na nossa intimidade; e a falta de treino em perdoar, nos leva a vivermos em permanente guerra, declarada ou não, com as outras pessoas; competindo para ser ou ter mais, ou para nos sentirmos melhores do que os outros.

Se perdoar já exigia inteligência; na atualidade a situação se agravou; pois, o sistema de vida neurótico retarda o desenvolvimento da capacidade de perdoar e de amar; é inevitável que a competição induza e funcione como um instrumento de liberar agressividade, e violência explícita; e mesmo subliminar.

Viver sob o jugo da mágoa, desejos de vingança e retaliação, faz com que fiquemos em alerta ou em guarda; esperando sempre ter de volta o que emitimos; esse estado alimenta os medos, eleva ansiedade e induz o corpo a aumentar cada vez mais a secreção de hormônios e mediadores químicos ligados ao perigo; causando pane nos sistemas orgânicos; e daí, criando mais e mais doenças.

Vingativos e magoados são agentes poluidores.

Pessoas não capacitadas ao perdão funcionam como verdadeiros exterminadores da paz e da sanidade coletiva; proporcionando toda sorte de doenças; além de guerras e violência.

Quando nos curamos dessas graves doenças da alma colaboramos de forma eficaz para a cura planetária.

Não se trata apenas de combater de forma primária o desmatamento ou o envenenamento da água, terra e ar: Sem cura ético – moral não haverá vida.

A incapacidade de perdoar gera doenças degenerativas.

Na primeira fase de emoções de desarmonia como o ódio, a mágoa, o ressentimento temos mau funcionamento de células, órgãos e sistemas; pois o funcionamento orgânico fica alterado e glândulas como a epífise, hipófise, tireóide, paratireóide, pâncreas, fígado, testículo, ovário passam a secretar hormônios a mais ou a menos dependendo do tipo de emoção e suas variáveis – cada emoção, desejo, sentimento tem um órgão alvo.

Na fase seguinte, iniciam lesões leves e mais facilmente reversíveis.

A seguir, dependendo da intensidade do processo, tem início as lesões degenerativas como é o câncer.

O perdão cura.

Se a falta de capacidade de perdoar pode gerar muito tipos e graus de doenças, é lógico que o perdão possa facilitar a cura.

O desejo de perdoar com intensidade e energia será capaz de recuperar o estrago causado pelo padrão vibratório desarmônico; com a ressalva: produzir uma doença é como fazer um bolo, não se faz um apenas com farinha, é preciso usar outros ingredientes dependendo da receita; há receitas para adoecer e algumas passam de pais para filhos de geração em geração.

Na infância aprendemos a copiar dos adultos suas formas de adoecer.

Perdoar apenas não suficiente para atingir a cura; quando adoecemos houve a contribuição de excesso de todos os tipos, vícios, hábitos inadequados; claro que não basta a capacidade de perdoar melhorada para a doença transformar-se em saúde; é preciso diminuir ou eliminar os outros fatores causais.

Cultivar o perdão pode prevenir doenças.

O hábito de perdoar, além de importante recurso de cura pode ser ferramenta na prevenção de doenças geradas pela resposta de retaliação ás ofensas – essa é uma atitude das mais sábias, pois estamos sempre expostos aos vírus cibernéticos da mágoa, ressentimento, ódio etc.

Estudos demonstram a associação dos sentimentos de reação às ofensas com vários tipos de câncer; portanto treinar o perdão pode tornar-se uma eficaz vacina.

Estes estudos podem ser checados e interpretados por qualquer pessoa. Exemplo, quando tivermos notícia de um familiar, amigo ou conhecido com câncer, estudemos a dinâmica da sua vida e encontraremos as situações que o ofenderam e como a pessoa reagiu a elas.

Outra vantagem profilática é o abrandamento dos efeitos maléficos do estresse.

Mesmo que nossas doenças atuais aparentemente não se relacionem com as energias das reações às ofensas, o exercício do perdão pode evitar que em situações futuras ocorra a somatória e retiramos um importante fator de risco.

Impedimentos:
Somente os fortes e sábios perdoam. Agressões e retaliações são marca registrada dos fracos, pouco inteligentes e medrosos.

Pensamento para reflexão: Perdoar não significa compactuar nem compartilhar erros.

Na sua fase inicial, é aprender a cuidar da própria vida – e permitir que os outros façam o mesmo.

Por Américo Canhoto: Clínico Geral, médico de famílias há 30 anos. Pesquisador de saúde holística. Uso a Homeopatia e os florais de Bach. Escritor de assuntos temáticos: saúde – educação – espiritualidade. Palestrante e condutor de workshops. Coordenador do grupo ecumênico “Mãos estendidas” de SBC. Projeto voltado para o atendimento de pessoas vítimas do estresse crônico portadoras de ansiedade e medo que conduz a: depressão, angústia crônica e pânico.
* Colaboração de Américo Canhoto para o EcoDebate, 10/06/2010
Fonte: http://www.ecodebate.com/

Doenças por não saber perdoar.

CONSTRUIMOS NOSSA VIDA e também nossa MORTE. SOMOS O SOMATÓRIO DE NOSSAS ESCOLHAS...
Segundo a psicóloga americana Louise L. Hay, todas as doenças que temos são criadas por nós.

Sempre que estamos doentes, necessitamos descobrir a quem precisamos perdoar.
Quando estamos estagnados num certo ponto, significa que precisamos perdoar mais,

*A seguir, tem uma relação de algumas doenças e suas prováveis causas:

*AMIGDALITE: Emoções reprimidas, criatividade sufocada.*

*ANOREXIA: Ódio ao externo de si mesmo.*

*APENDICITE: Medo da vida. Bloqueio do fluxo do que é bom.*

*ARTERIOSCLEROSE: Resistência. Recusa em ver o bem.*

*ARTRITE: Crítica conservada por longo tempo.*

*ASMA: Sentimento contido, choro reprimido.*

*BRONQUITE: Ambiente família inflamado. Gritos, discussões.*

*CÂNCER: Magoa profunda, tristezas mantidas por muito tempo.*

*COLESTEROL: Medo de aceitar a alegria.*

*DERRAME: Resistência. Rejeição a vida.*

*DIABETES: Tristeza profunda.*

*DIARRÉIA: Medo, rejeição, fuga.*

*DOR DE CABEÇA: Autocrítica, falta de autovalorização.*

*ENXAQUECA: Medos sexuais. Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista.*

*FIBROMAS: Alimentar mágoas causadas pelo parceiro.*

*FRIGIDEZ: Medo. Negação do prazer.*

*GASTRITE: Incerteza profunda. Sensação de condenação.*

*HEMORRÓIDAS: Medo de prazos determinados. Raiva do passado.*

*HEPATITE: Raiva, ódio. Resistência a mudanças.*

*INSÔNIA: Medo, culpa.*

*LABIRINTITE: Medo de não estar no controle.*

*MENINGITE: Tumulto interior. Falta de apoio.*

*NÓDULOS: Ressentimento, frustração. Ego ferido.*

*PELE (ACNE): Individualidade ameaçada. Não aceitar a si mesmo.*

*PNEUMONIA: Desespero. Cansaço da vida.*

*PRESSÃO ALTA: Problema emocional duradouro não resolvido.*

*PRISÃO DE VENTRE: Preso ao passado. Medo de não ter dinheiro suficiente.*

*PULMÕES: Medo de absorver a vida.*

*QUISTOS: Alimentar mágoa. Falsa evolução.*

*RESFRIADOS: Confusão mental, desordem, mágoas.*

*REUMATISMO: Sentir-se vitima. Falta de amor. Amargura.*

*RINITE ALÉRGICA: Congestão emocional. Culpa, crença em perseguição.*

*RINS: Crítica, desapontamento, fracasso.*

*SINUSITE: Irritação com pessoa próxima.*

*TIROÍDE: Humilhação.*

*TUMORES: Alimentar mágoas. Acumular remorsos.*

*ÚLCERAS: Medo. Crença de não ser bom o bastante.*

*VARIZES: Desencorajamento. Sentir-se sobrecarregado



Curioso não é?*

Por isso vamos tomar cuidado com os nossos sentimentos, principalmente daqueles que escondemos de nós mesmos.

Sugestão:

Existe um filme: "Quem somos nós" - que fala de fisica quântica e espiritualidade. Ele é ilustrado e bem fácil de entendermos o poder dos nossos pensamentos e sentimentos no rumo de nossas vidas.

O filme "The secret" também já disponível em circuitos particulares pode ser visto da net, também é fabuloso e ensina como mudarmos o rumo das Nossas Vidas, inclusive em termos de saúde.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

histeroscopia feita!

Hoje levantei-me e logo fui buscar o resultado das análises. O resultado foi: FSH 7.2, LH 2.0, Estradiol 27 e Prolactina 15.5. O médico disse que os resultados estavam bem e preparei-me para a histeroscopia cirúrgica. Vesti-me com a bata de operações. coloquei a rede no cabelo, os sapatos de plástico nos pés, enfim, preparada para a guerra. Fiz o electrocardiograma e finalmente segui para a sala de operações. Deitei-me e logo a seguir apareceu o meu médico favorito....a médica anestesista!!!!! Falamos em inglês e ela foi muito simpática. Colocou-me uma prensa no dedo indicador que era ligado a uma máquina e o cateter na veia mais saliente e comecei a sentir um liquido bem gelado a subir e a cabeça a ficar dormente...e fui....sonhar!!!
Acordei com um tubo de plástico na boca, que me foi imediatamente retirado. Todas as enfermeiras muito prestaveis e simpáticas. Falam inglês básico mas entendemo-nos. Acordei cheia de dores na parte do útero, o que é normal. Mas levei uma injecção intramuscular e outra subcutanêa e voltei a dormir, quando acordei estava sem dores. Agora estou em casa a tentar descansar. Na quinta feira tenho consulta com o médico para saber o resultado deste exame ao pormenor. Contudo, só sei que ele me disse, uma forma muito geral,  que estava tudo bem.

domingo, 29 de agosto de 2010

Histeroscopia cirúrgica hoje!

Pois é! Se eu não sou de desistir, o meu médico também não. Entrou nesta luta comigo. Diz que não vai desistir de mim. Hoje quando me perguntou o resultado, perguntou-me sobre a menstruação. Se já tinha chegado ou não. Por acaso chegou hoje, respondi eu. "Optimo, optimo, vai já fazer a análise do LH, FSH, Prolactina e estradiol porque se estiver tudo dentro do normal amanã quero-a aqui ao meio dia para ver o seu endométrio, ok???" e eu claro, começei logo a pensar noutra tentiva e a esperança começou a invadir os meus pensamentos..." Claro, Dr.! Está a pensar fazer o meu 10.º tratamento?" perguntei mas já imaginando a resposta dele. " Claro, porque não?, Você fez uma iiu e isso não a impede de fazer uma icsi já este mês!" respondeu ele muito decidido! " Aposto que me vai fazer tratamento longo!" calculei eu..." Sim, oh! Sim! vamos estimular esses ovúlos e por esse endométrio em 12mm!!! Vai ser á minha maneira!!" e eu já mais animada mas com tanta animação do Dr., ainda lhe disse: " Oh! Dr. mas veja lá que eu não quero uma hiperestimulação dos ovários!!!! Tenho muito medo." e ele claro que fez logo um ar sério e disse-me: " então não confia em mim?"...Pronto! Fiquei logo por ali. Por isso lá fui eu tirar sangue. Ontem do braço direito para a análise da BHCG e hoje do braço esquerdo....Ainda tenho 2 manchas negras de sangue pisado na barriga das que levei durante estes 15 dias....Portanto resumindo, lá vou eu amanhã dormir uma soneca de 15 a 20 minutos. Vou partir para o 10.º tratamento e minha 9.ª icsi.
Estou cansada de aqui estar mas gosto do meu médico e sei que aqui tenho os mesmos tratamentos que em Lisboa e só pago 1200€. É muita diferença pois em Portugal pago 5000€.
O meu marido vai outra vez para Portugal em negócios, pois agora tem sido ele a sustentar-nos. Eu lá mirei amanhã ao Dr. com o tal casal amigo que sempre nos ajuda.
Beijinho a todos e obrigado pela força. Não é fácil, embora às vezes eu tente mostrar que é.....

sábado, 28 de agosto de 2010

9.º Negativo.


Fiz a análise da BHCG e deu o 9.º negativo. Desta vez, depois de 8 icsi's, o medico aproveitou o meu ciclo natural e fez-me uma inseminação intra uterina. Mais uma vez não deu. Estou triste. Sinceramente estou. Seria falsa se dissesse que depois de tantas injecções, análises, remédios, eu não me sentisse  triste. Eu e o meu marido nem abrimos a boca para falar nada. O nosso silêncio já nos diz tudo. Contudo, eu estou feliz por razões que não posso aqui mencionar. Agradeço a Deus, que apesar de toda a tempestade na minha vida, que nunca imaginei passar, sempre permaneci persistente, independentemente dos resultados e a minha luta vai ser recompensada. Talvez não da maneira que tinha imaginado...mas eu serei mãe.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

BHCG amanhã.


O meu marido vai voltar a ir a Portugal e eu aqui ficarei no Cairo, com uma senhora que me faz companhia. No domingo sei o resultado da minha análise de BHCG. Independentemente do resultado tenho consulta no médico na 3.ª F. Vou com um casal amigo, que têm sido impecáveis connosco aqui no Cairo. No sábado o meu marido já regressa. Quanto à análise, não estou entusiasmada, pois não tenho qualquer sintoma. Aliás, já deixei de estar entusiasmada. Tenho esperança mas já não entro em sofrimentos.
Aqui no Cairo, faço a minha comidinha portuguesa. Ontem fiz bifinhos de perú com arroz branco e bróculos cozidos. Não aprecio muito a gastronomia egípcia. É muito pesada, com muito óleo e tomatada mas gosto do pão, do sumo natural de manga e das frutas que aqui são optímas.
E pronto, por hoje nada mais me ocorre em partilhar, a não ser que o meu quartinho aqui está bem fresquinho com o ar condicionado ligado 24h.....é cair na cama e dormir.
Fiquem bem.

Sabiam que.....


No espaço, os astronautas não conseguem chorar, porque não há gravidade para que as lágrimas possam escorrer.


O maior vulcão existente chama-se Olympus Mons e situa-se em Marte. Tem 600 Km de largura e é três vezes mais alto que o Monte Everest.

Cerca de 150 toneladas de fragmentos de meteoritos embatem na Terra todos os anos.

O telescópio Hubble é tão poderoso que consegue fotografar uma mosca a piscar os olhos a uma distância de 13.700 Km.

Quando os astronautas da Apollo 12 aterraram na Lua, o impacto causado fez com que a superfície lunar vibrasse durante 55 minutos. As vibrações foram captadas por instrumentos laboratoriais da NASA, o que levou os geólogos a criar a teoria de que a superfície de Lua é composta por frágeis camadas de rocha.

O planeta Júpiter é duas vezes maior do que todos os outros planetas, satélites, asteróides e cometas do nosso Sistema Solar juntos.

Segundo os cientistas, existe ouro em Marte, Mercúrio e em Vénus.

É possível ver 500.000 crateras na Lua olhando-se da Terra.

O Sol é 330.000 vezes maior que a Terra.

7 é o número de grandes desastres ecológicos, possivelmente erupções vulcânicas, que modificaram o rumo da história da Terra ao longo dos últimos 300 milhões de anos.

3 milhões é o número estimado de pessoas que morreram em consequência de terramotos desde 1900.

45% dos Americanos não sabem que o Sol é uma estrela.

41 – O tamanho do primeiro pé que pisou a Lua.

175 dias – Era o tempo que uma pessoa a correr sem parar (9,5 Km/h) demoraria a dar uma volta à Terra. Uma volta ao redor da Terra tem 39.840 Km. Na circunferência de Júpiter, essa mesma tarefa levaria 1.935 dias ou mais de 5 anos.

12.756 Km – O diâmetro da Terra à volta do Equador. De pólo a pólo, o diâmetro é de 12.713 Km.

5.980.000.000.000.000.000.000 toneladas – O peso da Terra.

A Terra é sacudida por mais de 20.000 tremores de terra anuais, 80 vezes por dia.

São necessárias 200.000.000 palhinhas enfileiradas para dar uma volta à Terra.

Em Saturno, os ventos são 10 vezes mais fortes do que um furacão. A sua velocidade pode chegar aos 1.770 Km/h.

Se fossemos a conduzir um carro a uma velocidade constante de 160 Km/h, levariamos cerca de 221.000 milhões de anos para chegar ao centro da Via Láctea.

Dark.
http://pankration.proboards3.com/index.cgi?board=rir&action=display&thread=639

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Bolo de Iogurte



Hoje fiz ou melhor, hoje voltei a fazer o Bolo de Iogurte que descobri neste site:

http://www.saborintenso.com/,

e que me ajuda bastante na cozinha. Tem uma explicação muito boa e acompanha com o video. As receitas são fáceis e depressa se aprendem. Como experimentei este bolo e ficou alto, fôfo e húmido à primeira, então voltei hoje a fazer. Aqui fica o link,

http://www.saborintenso.com/f23/bolo-iogurte-1690/,

para o Bolo de Iogurte.
Agora, estou a espera das visitas, que estão a caminho.
Quanto a novidades, não há grande coisa. Faço o teste de gravidez no dia 28/8. Sintomas não tenho....
Tenho feito a vida quotidiana normal.
O marido vai outra vez a Lisboa, enquanto eu fico outra vez aqui....com a mesma senhora que me fez companhia na semana passada.
Já disse ao meu marido que já estou farta de Egipto (por uns tempos...), mas sei que estou aqui para levar comigo um filho....estou por isso a fazer os tratamentos.
Beijo a todos em especial Belila, Susana Pina, mjm, Isabel Rp e a todos os que me seguem mas que em regra não costumam deixar mensagens.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Tudo arrumado!

Já retirei da mala todos os produtos que a mãe me mandou e já coloquei no congelador. A casa está arrumada, as roupas também. Agora é esperar pelo dia de ir para Portugal. Quando lá chegar quero ir à praia. Preciso mesmo de espairecer. Aqui passo os dias dentro de casa. Lá fora está um calor que não se aguenta e também não vejo aqui parques nem jardins. Pois aqui são raros e quando há não existem flores...Beijos

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Chegada do marido.

Daqui a uma hora, chega o marido ao aeroporto do Cairo. Vou no carro com um amigo, que me vem buscar a casa mas como estou a 10 minutos do aeroporto, basta-me sair de casa 10 minutos antes.
Já dormi uma sesta, pois esta noite não dormi a pensar na vida.....lol. Vou agora tomar um belo duche e arranjar-me.
Quanto á senhora que aqui ficou esta semana em casa, já se foi embora, pois o marido logo já cá está! Depois de tudo pronto vou fazer um batido de banana, que eu adoro, para refrescar um pouco.
Logo já vos digo o que a minha mãe me mandou de comidinha portuguesa. Uma coisa já sei, mandou pasteis de nata, que tanto lhe pedi e que ela comprou e congelou, para mim.
Lá fora na rua estão 38.º e são 20.30h, UUUFFFF....não se aguenta.
O meu ar condicionado do quarto, esse então trabalha 24h por dia, lol.